Tricotando com Finanças

Publicado por . Em: Espaço LER

Que tal começar a investir e garantir a sua independência financeira? Saiba tudo sobre finanças pessoais.       

Estamos caminhando para uma situação em que vai ficar cada vez mais difícil conseguir uma aposentadoria, ou melhor, obter independência financeira.

Mas há alternativa sim, se começar a se planejar o quanto antes, assistido por um profissional do mercado financeiro. Através de seu conhecimento técnico, baseado em seu perfil, ele indicará uma carteira de investimentos. Isso possibilitará pensar não só em sua independência financeira, como a sua tão sonhada viagem,ou  a compra de um bem desejado.

A ideia não é a de privar-se para só após usufruir, apenas organizar-se. Não precisa começar com muita coisa. Faça suas contas baseado nas necessidades reais e com base nisso, controlar pequenos gastos, invisíveis mas que somados, chamam a atenção da ausência total de percepção diária de consumo.  Faça uma planilha, enumere e precifique gastos, principalmente aqueles que não damos muita importância, são os sabotadores das finanças.                                             

Podemos aplicar a mesma analogia da dieta, quando nos condicionamos a comer no horário certo, determinada quantidade de calorias e o sabotador se aproxima e sussurra no seu ouvido…“se eu comer esta pequena fração de chocolate será que teria algum problema”?, pois é, tem.

A mesma dinâmica da dieta ocorre com o uso do dinheiro, daí nos policiarmos sobre a real necessidade do gasto em detrimento a organização em investimento. O bem imediato em relação ao bem planejado e tão querido, às vezes, inalcançável pela ação dos sabotadores.       

Nas próximas publicações, apresentaremos conselhos financeiros capazes de te ajudar nessa mudança de comportamento e de cultura do uso do dinheiro.           

Trabalharmos com ele e não para ele, te ensinando a tornar possível haver sobra de dinheiro no final do mês e como investir tornando seu futuro possível.

Texto de Pedro de Oliveira

Deixe seu comentário

*
*